Criação Oficial do CEHAL

Com a orientação do Sr. Rômulo Maiolino que percebia a necessidade de se estruturar melhor as atividades ali desenvolvidas, partiu-se então para a criação oficial do Centro, o que ocorreu no dia 27 de abril de 1967, cujo registro em cartório apresentava o nome e a primeira diretoria da nova casa espírita: Centro Espírita “Humildade, Amor e Luz” e seu 1º presidente, Sr. Rômulo Maiolino.

A escolha do nome de uma casa de oração não acontece por acaso. Os mentores espirituais que se juntam aos seus fundadores, a fim de compartilhar tão grata iniciativa e, ao longo do tempo, orientar o desenvolvimento dos trabalhos ali realizados, certamente influem através da intuição, na definição do nome, e este deve ser significativo para o novo grupo que se forma.

Foi assim que a sensibilidade da querida Vovó Angelina “captou” a beleza expressa em uma poesia de Casimiro Cunha, notável poeta brasileiro, que homenageava um centro espírita de Minas Gerais. As três palavras reunidas no título dessa poesia seriam, a partir de então o nome e o lema do nascente “Centro Espírita Humildade, Amor e Luz”, cuja trilogia tinha e tem uma mensagem clara e específica a todos os seus filhos, embasada nos princípios evangélicos.  (Poesia para ler)

Foi numa reunião nesta casa simples e ainda bem pequena que se implantou a semente para a criação da União Municipal Espírita Campo-grandense, com a presença do conceituado Prof. José Jorge, da Federação Espírita do Rio de Janeiro. Entre tantas atividades que ali já se realizavam, mais uma encontrava eco e se desenvolvia, dando frutos tão profícuos.

Em virtude do andamento dos trabalhos e suas consequentes ampliações, tornou-se imperioso construir uma sede própria. Embora financeiramente não houvesse condições, o sonho foi se materializando, pois a participação de outros companheiros que também aderiam às lides do Centro foi o suficiente para a definição dos primeiros passos.

Nessa ocasião, faziam parte do Centro o Sr. Antonio Alves Marinho e seu filho Arabutan, também presidente da Mocidade Espírita Campo-grandense. Era o ano de 1969. Ciente de que a mocidade possuía um terreno, recebido como doação e que deveria ser utilizado para fins beneficentes de ajuda a crianças e idosos necessitados, e também atendendo à orientação da FEB – Federação Espírita Brasileira, que preconizava às mocidades estarem vinculadas a um centro, o irmão Arabutan propôs que a Mocidade Espírita Campo-grandense se vinculasse ao Centro Espírita Humildade, Amor e Luz e fizesse ao referido centro doação do terreno de sua propriedade.

Vencendo resistência dentro da própria Mocidade, a proposta de doação saiu vencedora, o terreno passou para o Centro, oportunizando assim a construção desta sede própria, com muito sacrifício e trabalho constante de todo o grupo porém sustentado inicialmente durante dois anos pela dedicação e esforço de D. Romilda que assava e vendia frangos, arroz de forno, entre outros quitutes em sua própria casa.

Sua iniciativa deve ser lembrada, pois reflete seu espírito de lutadora: um dia interrompeu mais uma das reuniões que se fazia para definir a construção da casa dizendo?

– Vocês falam, falam e não sai disso! Chega! Vamos começar já, vamos fazer uma rifa. Quem vai colaborar?

O Edson doou um leitão, o Aguinaldo ofertou uma vaca e daí por diante as promoções se sucederam com grande resultado, pois logo ergueram-se as paredes de tábuas da primeira parte da sede deste centro. Nos anos seguintes, D. Maria Rezende e Brígida Rezende se revezavam na feitura de salgados para sustentar a construção de alvenaria e ampliar a sede.

A patir de então, com a ajuda da espiritualidade amiga e de vários colaboradores encarnados, nossa casa espírita foi tomando seu rumo e se encontra no seu atual patamar de Lar, Escola, Hospital e Templo Religioso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s